• TECNOLOGIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS

Aqui está um livro que ajudará a reduzir custos e aumentar a produtividade da área de usinagem de sua empresa.
Trata-se do livro TECNOLOGIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS, de autoria dos professores Anselmo Diniz, Francisco Marcondes e Nivaldo Coppini.
Em sua oitava edição, esta é uma das poucas obras brasileiras a tratar dos problemas da usinagem de uma forma nem excessivamente prática (como se fosse um manual), nem excessivamente teórica, como se fosse um compêndio científico.
A usinagem é uma operação comum à maioria das indústrias. E, da sua perfeita compreensão e aplicação, pode resultar uma redução de custos significativa para as empresas, inclusive de energia. Usinagem mal feita significa retrabalho, desperdício de material, má qualidade do produto final, etc.

APRESENTAÇÃO
Este é um livro que tem como objetivo apresentar os fenômenos inerentes ao processo de usinagem de uma maneira nem excessivamente prática, na forma de um manual, nem excessivamente teórica, na forma de um compêndio científico.
Assim, em seus primeiros dois capítulos, apresentam resumos das normas brasileiras de Movimentos e Grandezas de Usinagem (capítulo 1) e Geometria da Ferramenta (capítulo 2), para que desde o início se estabeleça o vocabulário técnico que vai ser utilizado no transcorrer do livro.
No terceiro capítulo, é apresentada a fenomenologia de formação do cavaco e de geração de calor na usinagem. Nos capítulos 4, 6 e 7 discorre-se sobre todas as influências e fenômenos relativos aos esforços de usinagem, desgaste e vida da ferramenta e rugosidade da peça. Antes de se começar a falar sobre desgaste e vida da ferramenta (capítulos 6 e 7), aborda-se o tema -Materiais para Ferramentas(Capítulo 5), pois o conhecimento das propriedades do material da ferramenta é fundamental para que se entenda os mecanismos de desgaste.
No capítulo 8, discorre-se sobre toda a metodologia para definição das condições econômicas de usinagem. No capítulo 9, dá-se atenção especial ao material da peça em usinagem, e comenta-se sobre a relação das características do material e parâmetros como força de usinagem, desgaste da ferramenta e rugosidade da peça. No capítulo 10, é a vez de se abordar os fluidos de corte. Como na maioria dos exemplos utilizados nos capítulos anteriores, a operação de torneamento foi a mais utilizada, nos capítulos 11, 12 e 13 aplica-se todo o conhecimento adquirido até aqui nas operações de furação (capítulo 11), fresamento (capítulo 12) e retificação (capítulo 13).
Sumário
Capítulo 1 - Movimentos e grandezas nos processos de usinagem 13
1.1 - Movimentos na usinagem 13
1.2 - Conceitos auxiliares 18
1.3 - Superfícies definidas sobre a peça 19
1.4 - Grandezas de avanço 19
1.5 - Grandezas de penetração 20
1.6 - Grandezas de corte 22
1.7 - Análise simplificada das grandezas 23

Capítulo 2 - Geometria da cunha de corte 25
2.1 - Partes construtivas de uma ferramenta 25
2.2 - Sistemas de referência 28
2.3 - Ângulos da parte de corte 32
2.4 - Relação entre ângulos da ferramenta 38

Capítulo 3 - Mecanismo de formação do cavaco 39
3.1 - A interface cavaco-ferramenta 41
3.2 - Controle da forma do cavaco 42
3.3 - Temperatura de corte 52

Capítulo 4 - Forças e potências de corte 57
4.1 - Forças durante a usinagem 57
4.2 - Potências de usinagem 60
4.3 - Variação da força de corte com as condições de trabalho 62
4.4 - Cálculo da pressão específica de corte (Ks) 69
4.5 - Fatores que influenciam as forças de avanço e de profundidade 71

Capítulo 5 - Materiais para ferramentas 75
5.1 - Introdução 75
5.2 - Descrição dos materiais para ferramentas 77

Capítulo 6 - Avarias e desgastes da ferramenta 105
6.1 - Medição dos desgastes da ferramenta 109
6.2 - Mecanismos causadores do desgaste da ferramenta 110

Capítulo 7 - Desgaste e vida da ferramenta 117
7.1 - Fatores de influência no desgaste e vida da ferramenta 120
7.2 - Fatores de influência na rugosidade da peça 122
7.3 - Curva de vida da ferramenta 127
7.4 - Escolha do avanço, da profundidade de usinagem e da velocidade
de corte 129

Capítulo 8 - Análise das condições econômicas de usinagem 131
8.1 - Ciclos e tempos de usinagem 132
8.2 - Custos de produção 137
8.3 - Intervalo de máxima eficiência 142

Capítulo 9 - Usinabilidade dos materiais 149
9.1 - Ensaios de usinabilidade 150
9.2 - A usinabilidade e as propriedades do material 151
9.3 - Fatores metalúrgicos que afetam a usinabilidade das ligas de alumínio 153
9.4 - Fatores metalúrgicos que afetam a usinabilidade dos aços 156
9.5 - Fatores metalúrgicos que afetam a usinabilidade dos ferros fundidos 163

Capítulo 10 - Fluidos de corte 167
10.1 - Funções do fluido de corte 168
10.2 - Classificação dos fluidos de corte 175
10.3 - Seleção do fluido de corte 179
10.4 - Usinagem sem fluido de corte e/ou com mínima quantidade
de fluido (MQF) 181

Capítulo 11 - Furação 187
11.1 - Introdução 187
11.2 - Formas construtivas das brocas helicoidais 190
11.3 - Afiação das brocas helicoidais 191
11.4 - Características da formação do cavaco na furação 193
11.5 - Forças e potências de corte na furação 196
11.6 - Resistência de uma broca helicoidal e avanço máximo permissível 202
11.7 - Brocas especiais para furos longos 204

Capítulo 12 - Fresamento 207
12.1 - Tipos fundamentais de fresamento 208
12.2 - Formas de cavaco 215
12.3 - Algumas considerações sobre o fresamento tangencial de
dentes inclinados 219
12.4 - Algumas considerações sobre o fresamento frontal 222
12.5 - Desgastes da ferramenta no fresamento 228
12.6 - Escolha das condições de usinagem e do número de dentes da fresa 229
12.7 - Cálculo da potência de corte 233
12.8 - Acabamento de superfícies fresadas 236
12.9 - A utilização de quebra-cavacos em fresamento 239

Capítulo 13 - Processo de retificação 241
13.1 - Introdução 241
13.2 - Classificação e descrição dos processos 242
13.3 - Características do rebolo 247
13.4 - Fatores de influência na seleção das características do rebolo 253
13.5 - Algumas características do processo de retificação 255
13.6 - Parâmetros de caracterização do processo de retificação e suas influências nos esforços de corte e na vida do rebolo 256
13.7 - Vida, desgaste e agressividade do rebolo 259
13.8 - A operação de faiscamento do rebolo 261

Detalhes
Autor Anselmo Eduardo Diniz
Editora ARTLIBER EDITORA LTDA
Encadernação BROCHURA
Especialidade USINAGEM
ISBN 8587296019
ISBN13 9788587296016
Lançamento 9ª Edição - Ano 2014
Páginas 272

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom

TECNOLOGIA DA USINAGEM DOS MATERIAIS

  • Autor: Anselmo Eduardo Diniz
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$64,00